Santuário de Nossa Senhora de Fátima

O Santuário de Fátima, designado oficialmente pela Igreja Católica como Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima é um santuário mariano dedicado a Nossa Senhora de Fátima. Fica na Cova da iria, cidade de Fátima, concelho de Ourém.

Sendo por excelência um local de peregrinação cristã e devoção católica, este lugar guarda a memória de acontecimentos que levaram à sua fundação, nomeadamente as aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos (Lúcia dos Santos, Francisco e Jacinta Marto) em 1917. A sua relevância do ponto de vista religioso é de há muito consensualmente reconhecida, tanto nacional como internacionalmente. A Santa Sé Apostólica reconheceu este espaço como Santuário Nacional. É também um dos mais importantes santuários marianos do mundo pertencentes à Igreja Católica e é um grande destino internacional dentro do turismo religioso. Recebe cerca de 6 milhões de visitantes por ano.

Fátima foi visitada pelos Papas João VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000), Bento XVI (2010) e Francisco (2017).

A sua construção começou em 1919 com a Capelinha das Aparições e ao longo dos anos o santuário foi sendo expandido. Hoje conta com duas basílicas, podendo acolher muito mais peregrinos em recinto fechado.

O impulso gerado pelo Santuário de Fátima foi responsável pelo crescimento exponencial de uma zona do país até então muito pouco desenvolvida.

O santuário tem estilos muito diversos, incluindo construções revivalistas e outras mais atuais. As principais construções do Santuário de Fátima são:

  • Capelinha das Aparições
  • Recinto de Oração
  • Basílica de Nossa Senhora do Rosário (e Colunata)
  • Basílica da Santíssima Trindade
  • Casas de retiros de Nossa Senhora do Carmo e de Nossa Senhora das Dores
  • Via Sacra nos Valinhos
  • Centro Pastoral Paulo VI

Existem também outros edifícios para as áreas administrativa, acolhimento de peregrinos, atendimento médico, comércio, encontros e congressos.

Ao longo de várias gerações, o santuário contou também com o contributo de vários artistas nacionais e internacionais, que lá realizaram um numeroso e diversificado conjunto de obras.

Segundo a Igreja Católica, o Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima dá expressão ao pedido de nossa Senhora do Rosário, aludido a 13 de agosto de 1917 e expressamente indicado na aparição de 13 de outubro desse ano a Lúcia de Jesus, Francisco Marto e Jacinta Marto. A capelinha foi erguida em 1919 no local das aparições de 1917 na Cova da iria e desde então o espaço do Santuário foi sendo edificado em resposta ao fluxo cada vez maior de peregrinos.

O Santuário de Fátima é um local de peregrinação que recorda o seu acontecimento fundador, as aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos. O acolhimento pastoral dos peregrinos é o elemento principal da sua missão. Além disso, estuda e difunde a mensagem das aparições, trabalhando-as como meio de evangelização em Portugal e no mundo.